ei, você aí, me dá um dinheiro aí?

Vou fazer um slideshow para você.
Está preparado? É comum, você já viu essas imagens antes.
Quem sabe até já se acostumou com elas.
Começa com aquelas crianças famintas da África.
Aquelas com os ossos visíveis por baixo da pele.
Aquelas com moscas nos olhos.
Os slides se sucedem.
Êxodos de populações inteiras.
Gente faminta.
Gente pobre.
Gente sem futuro.
Durante décadas, vimos essas imagens.
No Discovery Channel, na National Geographic, nos concursos de foto.
Algumas viraram até objetos de arte, em livros de fotógrafos renomados.
São imagens de miséria que comovem.
São imagens que criam plataformas de governo.
Criam ONGs.
Criam entidades.
Criam movimentos sociais.
A miséria pelo mundo, seja em Uganda ou no Ceará, na Índia ou em
Bogotá sensibiliza.
Ano após ano, discutiu-se o que fazer.
Anos de pressão para sensibilizar uma infinidade de líderes que se
sucederam nas nações mais poderosas do planeta.
Dizem que 40 bilhões de dólares seriam necessários para resolver o
problema da fome no mundo.
Resolver, capicce?
Extinguir.
Não haveria mais nenhum menininho terrivelmente magro e sem futuro, em
nenhum canto do planeta.
Não sei como calcularam este número.
Mas digamos que esteja subestimado.
Digamos que seja o dobro.
Ou o triplo.
Com 120 bilhões o mundo seria um lugar mais justo.
Não houve passeata, discurso político ou filosófico ou foto que sensibilizasse.
Não houve documentário, ong, lobby ou pressão que resolvesse.
Mas em uma semana, os mesmos líderes, as mesmas potências, tiraram da cartola 2.2 trilhões de dólares (700 bi nos EUA, 1.5 tri na Europa) para salvar a fome de quem já estava de barriga cheia.

fonte: Updateordie

foto: Sebastião Salgado

3 Comentários »

  1. Ciro said

    Fantástico.
    Um slide-show em palavras que exprime bem a imbelicilidade desse mundo.

    Abraços.

  2. Ihtago said

    Bom! Você me comoveu.
    Mas o estado das coisas me leva a crer que humanidade (aquilo que em nós é capaz de se sensibilizar) é uma coisa bastante rara hoje em dia… ao contrário do “Espírito do Capital” – assim é claro que o mundo tiraria quanto fosse preciso, mesmo que de investimentos fundamentais (saúde, educação, etc), para salvar o núcleo do capitalismo… e pior – acredito que a maior parte das pessoas, se não concorda, aceita essa situação com uma certa naturalidade. Porque hoje todo mundo quer ter uma tv de plasma de 50 polegadas na sala de casa. É a mesma lógica. O contrário acontecer, usar uns milhões para melhorar a situação de vida de populações inteiras, seria uma idéia estranha, difícil de veicular acho que até pras populações mais pobres.
    E tenho dito. Abraços!

    T. Madruga

  3. Isso é de indignar qualquer um. Os líderes dos países mais poderosos do mundo têm sim condições de melhorar a vida de todas as pessoas que precisam mas, querem o dinheiro para eles, o dinheiro que é nosso e deveria ser usado conosco! Para salvar banqueiros temos dinheiro mas para matar a foma de milhares de pessoas nunca temos nada, que absurdo!

    Beijão!

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: